22°
Máx
17°
Min

Nova sede do Centro de Especialidades de Maringá vai ampliar atendimento em 66%

Obra deve ser concluída no primeiro semestre de 2017 (Foto: Venilton Küchler/AEN) - Nova sede do Centro de Especialidades vai ampliar atendimento em 66%
Obra deve ser concluída no primeiro semestre de 2017 (Foto: Venilton Küchler/AEN)

Cerca de R$ 13 milhões serão investidos na construção da nova sede do Centro de Especialidades em Maringá. A obra deve ser concluída no primeiro semestre de 2017.

O Estado vai aplicar outros R$ 4 milhões na compra de equipamentos, modernizando o parque tecnológico já existente. A expectativa é de que sejam realizados cerca de 20 mil procedimentos por mês, 66% a mais do que na atual sede.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, a intenção é ampliar a capacidade de atendimento e garantir mais conforto aos usuários. A ideia é oferecer, em um mesmo dia e em um mesmo espaço, todas as consultas e exames necessários para que o paciente não perca tempo e saia de lá com o tratamento indicado.

Parte da estrutura física está pronta e em algumas alas os trabalhos entraram na fase de acabamento. De acordo com a última medição, quase metade da obra foi concluída. 

O espaço vai ter a ala ambulatorial e também os setores administrativos do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense, responsável por gerenciar a unidade. Serão 32 consultórios médicos, odontológicos e de equipe multiprofissional, três salas cirúrgicas para pequenos procedimentos, setor de imagem completo com 15 salas de exames, setor de observação e ambulatório da Rede Mãe Paranaense.

Segundo a secretária executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense, Zuleide Bezerra Dalla Costa, atualmente o Centro de Especialidades de Maringá funciona em um prédio alugado e as despesas são bancadas com recursos do governo do Estado.

O local é um antigo hospital, com mais de 60 anos, que foi adaptado para atender as necessidades do serviço. O horário de funcionamento da nova unidade também será estendido por duas horas a mais. O espaço vai abrir às 7h e fechar às 19h.

Colaboração Agência Estadual de Notícias