28°
Máx
17°
Min

Novos policiais militares e bombeiros iniciam formação teórica e prática

O curso ocorre por meio das Escolas de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças (Foto: Divulgação/AEN) - Novos policiais militares e bombeiros iniciam formação teórica e prática
O curso ocorre por meio das Escolas de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças (Foto: Divulgação/AEN)

Os 2.831 novos militares estaduais – 2.222 policiais e 609 bombeiros militares – chamados pelo Governo do Estado iniciam nesta e na próxima semana em todo o Paraná o Curso de Formação de Soldados (CFSd), que dura em torno de 10 meses e tem cerca de 1.500horas/aulas, entre teóricas e práticas.

Nesta fase, os novos integrantes da corporação, aprovados em concurso público de 2012, são chamados de alunos-soldados ou soldados de segunda classe. Após a formação passam a ser chamados de soldados de primeira classe e estarão prontos para atuar nas ruas.

A formação dos novos militares estaduais (bombeiros e policiais militares) é regionalizada e o processo de distribuição, após o término do curso, segue o mesmo processo para ambos, mas obedece a necessidade de cada região.

Durante os primeiros meses de curso, os alunos PM têm aulas teóricas e práticas de disciplinas como Direito, Defesa Pessoal, Tiro, Técnica e Tática Policial, Policiamento Ostensivo e, principalmente, Comunitário, além de Direitos Humanos, Abordagem e outras da área policial.

Os alunos bombeiros (BM) também passam por algumas destas disciplinas, mas têm outras específicas, como combate a incêndio urbano e florestal, salvamentos aquático, terrestres e verticais, socorros de urgência, busca terrestre e aquática e defesa civil.

Simultaneamente, os alunos fazem o Estágio Operacional Supervisionado em que colocam em prática os aprendizados da sala de aula. Essas atividades são acompanhadas por policiais e bombeiros militares já formados e com experiência na atividade de rua e no atendimento de ocorrências.

Colaboração AEN