24°
Máx
17°
Min

Número de pessoas afetadas pelas chuvas no Paraná sobe para 17 mil

Número de pessoas afetadas pelas chuvas no Paraná sobe para 17 mil

O número de pessoas afetadas pelas chuvas que atingem o Paraná desde terça-feira (12) subiu para 17.935. O dado está no último boletim divulgado pela Defesa Civil do Paraná, às 17h desta quarta-feira (13). Destas, 1.188 ficaram desalojadas e sete estão desabrigadas. Além disso, 15 pessoas ficaram em feridas em decorrências das tempestades.

Mais cinco municípios entraram para lista dos atingidos pelos temporais no estado. Ao todo, 29 cidades foram afetadas de alguma forma. O número de casas danificadas também subiu para 4.596. Nenhuma, no entanto, chegou a ser destruída pelas chuvas. Telêmaco Borba foi a cidade com mais casas danificadas: 1.230.

O município mais afetado continua sendo Salto do Lontra, na região oeste do Paraná. Por lá, 4.910 moradores foram atingidos pelas chuvas. Ao todo, 800 pessoas ficaram desalojadas e 10 foram feridas durante os temporais. Na sequência, Telêmaco Borba, Imbituva, Cascavel e Rio Branco do Ivaí fecham a lista das cidades mais afetadas.

Segundo o Simepar, o tempo permaneceu instável durante a quarta-feira nas regiões Oeste, Sudoeste, Campos Gerais, Curitiba e Região metropolitana e Litoral. “Houve incidência de ventos em algumas regiões, mas mais fracos que os verificados durante a madrugada”, explicou o meteorologista Samuel Braun. A previsão é de que a chuva continue na madrugada e durante toda esta quinta-feira (14), principalmente no Sul e Sudoeste.

Curitiba e Região Metropolitana

Na capital paranaense, 32 pessoas foram afetadas pelas chuvas. Sete casas chegaram a ser danificadas, mas nenhum morador chegou a ficar ferido ou desabrigado. O município mais atingido fica na Região Metropolitana: Fazenda Rio Grande. Pelo menos 709 moradores foram atingidos. Dez pessoas permanecem desalojadas e 160 residências foram danificadas.

Lapa é o segundo município mais atingido da RMC. Por lá, 420 moradores foram afetados e 102 casas foram atingidas. Em São José dos Pinhais, 144 pessoas relataram problemas causados pela chuva e 36 residências foram danificadas. Por fim, a chuva afetou 20 moradores e cinco casas em Colombo.