21°
Máx
17°
Min

Obras interditam Mão Inglesa a partir deste sábado

Obras interditam Mão Inglesa a partir deste sábado

Os moradores de Foz do Iguaçu, além dos turistas que chegam à cidade, vão poder resgatar o antigo costume de se reunir e passear por praças da cidade. O projeto de reforma e revitalização da Praça da Paz já está acontecendo.

As obras já estão em andamento e a partir do dia 1º de outubro a Rua Barão do Rio Branco, no trecho que fica entre a Avenida JK, será interditada pelo Foztrans para que o serviço possa avançar.

Pelo projeto, a rua deixará de existir e a travessa será incluída ao novo espaço da Praça. Os motoristas devem ficar atentos às placas de identificação nos próximos dias, informando a interdição da via e os novos acessos. No local, serão instalados chafariz, espelho d’água, bancos, nova iluminação, pista de skate e anfiteatro. A figueira centenária, que compõe a paisagem do local não será retirada.

Esse projeto, que vai repaginar as principais praças da cidade, é resultado de uma parceria entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano – Sedu, Fundo Iguaçu – que foi responsável pela elaboração dos projetos e o governo municipal. Após a conclusão das obras as três praças (da Paz, do Mitre e da Bíblia) somarão mais de 65 mil metros quadrados de área construída.

Projeto

A Praça da Paz será anexada à Praça Getúlio Vargas, que fica em frente à sede da Prefeitura Municipal. Isso ocorrerá com o fechamento para o trânsito de veículos do trecho da Rua Barão do Rio Branco, entre a Avenida JK, tanto para quem vem ou vai em direção à Ponte da Amizade. A Rua deixará de ser mão inglesa, será nivelada e se transformará num calçadão, com trânsito exclusivo só para pedestres. A intervenção na Praça da Paz e na Getúlio Vargas irá contemplar as calçadas laterais, entre a Avenida Jorge Schimmelpfeng e a Rua Quintino Bocaiuva, que serão totalmente revitalizadas.

As obras de revitalização incluem ainda a construção de um mirante no futuro calçadão da Rua Barão do Rio Branco. Logo abaixo será instalado um espelho d’água de 40 centímetros de profundidade. A Praça receberá piso em toda a sua extensão, para centralizar a realização de eventos. Também pensando em um espaço para manifestações artísticas, o local ganhará uma espécie de anfiteatro ao ar livre, com a construção de um palco e instalação de bancos. Já próximo à área onde hoje é realizada a feirinha aos domingos, o esporte vai ser incentivado com a montagem de uma pista de skate.

Colaboração: Assessoria.