27°
Máx
13°
Min

Operação conjunta prende suspeito de assalto a banco em Ortigueira

Suspeito preso nesta quinta-feira era procurado por assaltos a bancos desde a Operaç´~ao Cangaço (Foto: Divulgação / Polícia Civil) - Operação conjunta prende suspeito de assalto a banco
Suspeito preso nesta quinta-feira era procurado por assaltos a bancos desde a Operaç´~ao Cangaço (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

O delegado da Polícia Civil de Ortigueira, Rafael Bacelar de Souza, confirmou na tarde desta quinta-feira (7) que um suspeito de participação no assalto ao banco Sicredi, ocorrido na tarde de ontem (6) na cidade, foi preso durante uma operação conjunta ocorrida no município. Ele foi encontrado em uma casa na localidade de Caetê durante a madrugada.

De acordo com a autoridade policial, o suspeito era foragido da Operação Cangaço, deflagrada em janeiro deste ano após uma série de assaltos com reféns em bancos pelo Paraná. Além do homem que teve a participação confirmada no assalto de ontem, a polícia prendeu mais uma pessoa suspeita de envolvimento no crime – contudo, a participação dele não foi confirmada.

Bacelar destacou o apoio do delegado Nilson Rodrigues da Silva, da 18ª Subdivisão Policial (18ª SDP) de Telêmaco Borba, que enviou o efetivo para auxiliar na operação, e do tenente-coronel Mauro Rolim de Moura, comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar de Telêmaco Borba. A ação, que teve início ainda de madrugada e terminou no início da tarde desta quinta, contou com o apoio do Pelotão de Choque de Londrina.

A investigação foi iniciada pelo delegado Rafael de Souza Pinto, que instaurou inquérito após o assalto ocorrido ao banco Bradesco em abril deste ano. Após um novo ataque, Bacelar conseguiu os dados necessários para deflagrar a operação.