27°
Máx
13°
Min

Operação Corpo São Mente Sã prende 5 pessoas no litoral

Operação Corpo São Mente Sã prende 5 pessoas no litoral

Em pouco mais de duas horas, cerca de 70 policiais civis e militares efetuaram a prisão de cinco suspeitos de estarem envolvidos com o tráfico no litoral do estado, hoje (3) pela madrugada. Na Operação Corpo São Mente Sã também foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão em Antonina, Paranaguá e Guaraqueçaba. Durante as abordagens, foram apreendidos pequena quantidade de droga como crack, cocaína e maconha, R$ 1,4 mil, um caderno com anotações de compradores e duas balanças de precisão.

Segundo o delegado André Feltes, da DP de Antonina, a operação foi baseada em inquéritos que tramitavam desde o final de 2014, com relação a pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no litoral. No apoio, equipes do Cope, Polícia Civil, Polícia Ambiental e Guarda Municipal.

Envolvidos

Entre os presos em Guaraqueçaba estão Valério Pontes, 41 anos, dono de uma academia no município que servia como local de venda de entorpecentes; e responsável pelo nome da Operação, brinca o delegado; e Carlos Roberto Cordeiro, 31 anos, proprietário de bar  também usado para comércio.

O irmão Israel Penich Pontes, 29 anos, foi preso em Paranaguá. Conforme o delegado Feltes, Pontes era o responsável pela comercialização de droga no município. A prisão foi feita juntamente com a esposa, Silvana Costa de Freitas, 31 anos, considerada “a cabeça” da operação.

O delegado Feltes conta que Silvana comandava a criminalidade no Beco do Óleo, na Ilha dos Valadares, local conhecido pela violência na região. Desde que o marido foi preso, no ano passado, tinha assumido a posição de “patrão do tráfico”. Havia informações de que Pontes mantinha o controle das operações de tráfico de dentro da prisão. Estava solto desde a última sexta-feira (26). Em Paranaguá, também foi preso Diego Pereira Dias, 29 anos, que trabalharia em uma embarcação na ilha.