26°
Máx
19°
Min

Operação Fantasma II afasta três vereadores de Guarapuava

(Foto: Divulgação / Rede Sul de Notícias) - Operação Fantasma II afasta três vereadores de Guarapuava
(Foto: Divulgação / Rede Sul de Notícias)

Três vereadores da Câmara Municipal de Guarapuava foram afastados das funções públicas, em decorrência da “Operação Fantasma II”, do Ministério Público do Paraná, realizada através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Guarapuava. Também foram afastados dez servidores municipais lotados no Legislativo e Executivo municipal.

O objetivo da operação é desmantelar um suposto esquema de desvio de verbas públicas por meio da utilização indevida de cargos em comissão da Casa Legislativa. Além do afastamento dos vereadores e servidores, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Guarapuava, a pedido do MP-PR, em diversos órgãos da Administração Pública Municipal e nos gabinetes dos vereadores investigados.

Foi apurado que os vereadores e seus assessores praticavam ações ilegais de assistencialismo com o objetivo de angariar votos, com auxílio de alguns servidores ligados ao Poder Executivo Municipal. Além disso, existem suspeitas de desvio de materiais de construção para benefícios particulares e de inclusão indevida de nomes no topo da lista global de atendimentos do Sistema Único de Saúde (SUS). Há, portanto, suspeitas de diversos crimes contra a Administração Pública, como peculato, falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistema de informação e advocacia administrativa qualificada.

Colaboração Assessoria de Imprensa.