22°
Máx
14°
Min

Padrasto é preso suspeito de abusar de bebê

Após o Conselho Tutelar recolher um bebê de 11 meses por suspeita de abuso sexual, a Polícia Civil de Paranaguá prendeu na tarde desta quinta-feira (5), o padrasto da criança, Eloir Damião, 35 anos, suspeito de ser o autor dos abusos. O caso aconteceu na última quarta-feira (28), quando a mãe do bebê, apenas identificada como Vanessa, 31 anos, percebeu que ele estava com uma fissura anal e o levou ao Posto de Saúde, no balneário de Shangri-lá.

Segundo o delegado adjunto da 1ª Subdivisão da Polícia Civil de Paranaguá, Nilson Diniz, responsável pelo caso, os exames constataram a violência sexual cometida contra o bebê. “O exame foi feito para materializar a informação de que se tratava de abuso sexual”, declarou Diniz que ainda falou sobre a prisão do padrasto. “A decisão do juiz se deu após os depoimentos dos vizinhos do casal. Além disso, o suspeito se mudou, mas nós estávamos monitorando ele e assim que o mandado de prisão foi expedido, nós fomos até o local e prendemos ele”.

Após o mandado de prisão preventiva, o suspeito foi transferido da carceragem de Pontal do Paraná para a 1ª Subdivisão da Polícia Civil de Paranaguá, onde permanece à disposição da Justiça.