23°
Máx
12°
Min

Pais protestam na Câmara contra fechamento de berçários

Pais dizem que foram prejudicados pelo fechamento das turmas (Foto: Divulgação/Rede Massa) - Pais protestam na Câmara contra fechamento de berçários
Pais dizem que foram prejudicados pelo fechamento das turmas (Foto: Divulgação/Rede Massa)

O fechamento de 47 turmas de berçários na rede municipal de Educação de Curitiba é motivo do protesto realizado nesta manhã (2) Na Câmara de Vereadores. O grupo de pais e mães se reuniu através das redes sociais e buscam apoio dos vereadores para tentar encontrar uma solução, e mais do que isso, a reabertura das vagas.

De acordo com uma das mães que participa da ação, Cibele de almeida dos Santos, disse que o fechamento das vagas é um retrocesso. Os vereadores abriram espaço para ouvir as mães.

Grupo se reuniu pela internet e pede apoio dos vereadores (Foto: Divulgação/Rede Massa)

O protesto também conta com participação de representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sismuc). A reportagem entrou em contato com o sindicato, mas foi informada que “não havia ninguém disponível para atender no momento”.

Ao tudo, até o fim de 2015, funcionavam no município 245 turmas de berçário. Porém, em dezembro, para atender a Emenda Constitucional que tornou obrigatório ofertar vaga para crianças a partir de 4 anos no ensino fundamental.

Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de Curitiba afirmou que “está fazendo o maior investimento das últimas décadas na educação infantil para a expansão do atendimento das crianças de 0 a 5 anos e a manutenção da qualidade do atendimento que faz da cidade referência nacional no cuidado da criança pequena”. Conforme a nota, “atualmente são 47.135 mil crianças nesta faixa etária em atendimento, sendo aproximadamente 90% delas em período integral, com 10 a 11 horas de atendimento por dia”.

A Assessoria também afirma que “o número de crianças atendidas será ainda maior com a entrega de 25 novos Centros Municipais de Educação infantil. Três deles (CMEIs Futurama, Fazenda Boqueirão, Serra do Mar) serão inaugurados em março e três em abril (CMEIs Vila Torres, Campo de Santana Rio Bonito, Moradias da Ordem II). Outros 16 CMEIs serão finalizados neste primeiro semestre e outros nove seguem em construção”.

A Prefeitura explica que o “número de crianças de 0 a 5 anos atendidas na educação infantil na rede municipal de ensino de Curitiba terá aumento de 24,39% em 2016 e que a capacidade de atendimento, que atualmente é para 46.065 crianças, subirá para 57.302 – um acréscimo de 11.237”.