23°
Máx
12°
Min

Palco de vários crimes, terreno é ocupado por moradores; proprietário pede reintegração de posse

Palco de vários crimes, terreno é ocupado por moradores; proprietário pede reintegração de posse

Um grupo de moradores do bairro São Braz, em Curitiba, vem fazendo uma série de protestos em um terreno baldio onde já foram registrados diversos assaltos, estupros e até um assassinato. O último registro, de acordo com informações apuradas pela Rede Massa, aconteceu no dia 14, quando uma adolescente foi abusada no local por um homem moreno.

De acordo com os manifestantes, o terreno tem dono, mas o proprietário do imóvel não vai ao local. Segundo eles, além da violência, a água parada também é um problema no terreno. Agora, o grupo resolveu tomar uma atitude mais extrema.

O grupo pegou enxadas e facões e limparam o local. Além disso, eles resolveram ocupar o terreno. Cerca de 200 famílias “se mudaram” para o terrão, como é conhecido pelos moradores. Lá, foram montadas barracas e até foi feita a delimitação do terreno de cada família. Eles prometem permanecer no local até que o dono do terreno tome providências.

Em nota, a empresa A Z, proprietária do terreno, afirmou que ingressou na tarde deste domingo com um pedido de reintegração de posse na Justiça do Paraná. De acordo com o texto, o protesto precisa terminar logo. “A expectativa dos proprietários é que o quanto antes a reintegração seja autorizada, menor será o dano ao patrimônio e à comunidade local por conta do número de pessoas na área, que aumenta a cada instante.”

Segundo a nota, os donos do imóvel já haviam executado dois serviços de limpeza no local nos últimos meses e estavam se preparando para efetuar uma nova limpeza. No entanto, a invasão impediu a ação, de acordo com a empresa. “Ao chegar ao local com as máquinas e a equipe de manutenção, se deparou com a invasão, o que motivou a suspensão da limpeza.”

O texto termina afirmando que apenas com a liberação da área será possível realizar a limpeza e “desta forma, contribuir com a segurança do local.”

Tribuna da Massa acompanhou a situação

Uma equipe do Tribuna  da Massa acompanhou a situação dos moradores que estão morando no terreno nesta segunda-feira (21). A reportagem mostra as reivindicações dos manifestante, como eles estão vivendo por lá e como se organizaram no local. Você pode acompanhar nesta terça (22), a partir do 12h, no Tribuna da Massa, com a apresentação do Paulo Roberto Galo.

Com informações da repórter Francine Souza, da Rede Massa