22°
Máx
14°
Min

Parque de Vila Velha arrecada doações para vítimas de temporal

Doações serão encaminhadas para as 22 famílias da Vila Jamil que foram afetadas pela tempestade do último dia 12 (Foto: Pedro Ribas / ANPr) - Parque de Vila Velha arrecada doações para vítimas de temporal
Doações serão encaminhadas para as 22 famílias da Vila Jamil que foram afetadas pela tempestade do último dia 12 (Foto: Pedro Ribas / ANPr)

O Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, terá preço diferente do passeio dos arenitos neste fim de semana. Para ajudar 22 famílias atingidas por tempestade e vendaval no último dia 12, na Vila Jamil, o parque recolherá doações no lugar do ingresso do passeio nos arenitos.

Poderão ser doados móveis, colchão, cobertores, alimentos não perecíveis, material de limpeza, de higiene e eletrodomésticos. “A ideia é ajudar os moradores que estão no entorno do parque e foram afetados pelo vendaval. Hoje estão vivendo em situação precária, com ajuda da Defesa Civil e contam com a solidariedade de doações”, explica a supervisora de operações da Paraná Projetos, Angela Soares.

Os passeios para Furnas e Lagoa Dourada continuam com o ingresso do mesmo valor, R$ 8,00.

Cicloturismo

Também neste domingo (24) o parque terá a primeira atividade de cicloturismo. Ao todo, 50 ciclistas vão percorrer um trecho de 23 quilômetros, saindo da área de lazer do parque e passando pela Lagoa Dourada, Furnas e a taça nos arenitos.

Outros passeios para o cicloturismo já estão programados para os dias 7 e 28 de agosto. Serão duas turmas de 30 ciclistas em cada um dos dias, uma com saída as 9 horas e outra com saída as 10 horas.

Os interessados podem se inscrever encaminhando um e-mail para agendamento@paranaprojetos.pr.gov.br no qual receberão as orientações e a confirmação do passeio. O ingresso para o cicloturismo no Parque custa R$ 25.

O Parque

O Parque Estadual de Vila Velha foi criado em 1953, com a finalidade de conservar os campos nativos do Paraná e seu patrimônio geológico. Foi tombado pelo Departamento Histórico e Artístico do Estado do Paraná em 1966.

Com mais de três mil hectares de extensão, Vila Velha conta com diversos atrativos, como os Arenitos, Furnas e a Lagoa Dourada. Seu principal objetivo é preservar um dos únicos remanescentes da vegetação de campos do Paraná e as formações areníticas, proporcionando aos visitantes o contato direto com o meio ambiente.

Em sua fauna já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçadas de extinção como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

O parque conta com estrutura para recepção, orientação e deslocamento dos visitantes até as trilhas e atrativos. Todos os passeios são acompanhados por condutores treinados para atender o público.

A visita ao local é um aprendizado, segundo o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do IAP, Guilherme Vasconcellos. "Vale a pena conhecer uma das paisagens originais do nosso Estado, que hoje em dia é bastante ameaçada. É a oportunidade de ter o contato direto com a natureza em companhia da família e amigos. Um programa fantástico", diz ele.

Serviço

Parque Estadual de Vila Velha

Localização: BR-376, km515 - Jardim Vila Velha, Ponta Grossa - Paraná

Horário de funcionamento: de quarta a segunda-feira e também nos feriados, das 08h30 às 15h30

Contato: (42) 3228-1138

Colaboração Agência Estadual de Notícias.