22°
Máx
16°
Min

Pato Branco promove vacinação contra brucelose em 80 propriedades

(Foto: Divulgação) - Pato Branco promove vacinação contra brucelose em 80 propriedades
(Foto: Divulgação)

Desde o início de maio, o Município de Pato Branco, através da Secretaria de Agricultura, está realizando mais uma etapa de vacinação de bovinos contra a brucelose. Serão cerca de 200 animais vacinados, em mais de 80 propriedades, contemplando 31 comunidades do interior do município. A participação é gratuita.

O secretário municipal de Agricultura, Clodomir Ascari, ressalta que a campanha deve ser aderida pelos produtores. “Nosso objetivo é garantir tanto a saúde dos animais, quanto o cumprimento da lei. Por isso, desenvolvemos essa campanha a custo zero aos produtores, que só precisam cadastrar as fêmeas, de 3 a 8 meses e, no dia da vacinação, prender os animais e disponibilizar um botijão de gás para realizarmos o procedimento”, salienta o secretário.

O médico veterinário da Secretaria Municipal de Agricultura, Johannes Scherer Dagostini, alerta sobre a importância de combater a doença tendo em vista que ela é uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida para os seres humanos. “Os animais contaminados podem transmitir a doença para as pessoas que, de alguma forma, entrem em contato com o animal ou consumam o leite ou a carne. Por isso, realizamos a campanha três vezes ao ano, justamente para que nenhum animal desenvolva a doença por não estar na idade correta de receber a vacina”, afirmou Johannes.

Para o produtor Edivan Rost, que reside na comunidade de Passo da Pedra, a vacinação é fundamental, pois grande parte da sua renda provém do gado leiteiro. “Entregamos nossa produção em mercados, restaurantes, hotéis e para a merenda escolar. Garantir a qualidade é fundamental e, ao vacinarmos os animais, evitamos a doença”, avalia Edivan.

O produtor Edicar Linhares, também da localidade de Passo da Pedra, ressalta a importância em seguir a legislação. “Isso garante, além da qualidade do leite e da carne, a saúde dos animais e das pessoas, tendo em vista que a doença pode ser transmitida aos seres humanos. É mais segurança para as nossas famílias e para os nossos clientes”, evidencia.

A vacinação segue até o início do mês de junho e, para mais informações ou para cadastrar animais para a próxima etapa da campanha, basta ir até a Secretaria de Agricultura, junto à Prefeitura, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, ou entrar em contato pelos telefones (46) 3220-1502 ou (46) 3220-1504.

Colaboração Assessoria de Imprensa.