24°
Máx
17°
Min

Pato Branco investe mais de R$ 10 milhões em obras para prevenção de enchentes

Na última quinta-feira, chuva forte deixou diversos pontos de alagamento na cidade (Foto: Divulgação / WhatsApp) - Pato Branco terá R$ 10 milhões para prevenção de enchentes
Na última quinta-feira, chuva forte deixou diversos pontos de alagamento na cidade (Foto: Divulgação / WhatsApp)

A partir da próxima semana, a Prefeitura de Pato Branco investirá cerca de R$ 10 milhões no combate a enchentes. Entre as obras que já foram autorizadas pelo prefeito Augustinho Zucchi estão a construção de um canal de drenagem no Córrego Fundo, na região central, e do reservatório de cheias (bacia de contenção) e canalização do Rio Ligeiro, no bairro Bonatto.

Pato Branco possui hoje uma barragem no bairro Pinheirinho. Além da nova estrutura no bairro Bonatto, o município desenvolve um projeto para viabilizar outra unidade futura, no Córrego Penso. Segundo o secretário de Engenharia, Obras e Serviços Públicos, Frederico Demário Pimpão, a área destas três bacias atenderá 90% da área urbana da cidade de Pato Branco, o que reforça o planejamento em execução pelo desenvolvimento sustentável e ordenado da cidade.

“Essas obras reduzirão os alagamentos nas áreas atendidas. A nova bacia de contenção no Bonatto beneficiará principalmente a região da Baixada, que hoje é mais comprometida pelas chuvas torrenciais. São obras pelo futuro de Pato Branco, pois também atendem o crescimento previsto para a cidade”, pondera Frederico.

Na quinta-feira, choveu cerca de 100 milímetros em cerca de uma hora, provocando alagamentos em diversas regiões da cidade

No bairro Bonatto, o reservatório de cheias (bacia de contenção) e a canalização do Rio Ligeiro receberão investimentos de R$ 9 milhões, com recursos dos governos federal e municipal. A bacia de contenção do bairro Bonatto terá 54.700 metros quadrados de área, incluindo a barragem em terra com 250,30 metros de extensão e 33 metros de largura. Com altura de 6,70 metros, a estrutura terá capacidade para 267,6 milhões de litros de água.

O secretário aponta ainda as características do relevo de Pato Branco que, em situações de chuva excessiva, favorecem o acúmulo de água nas regiões mais baixas. Isso contribuiu para o episódio ocorrido na noite de quinta-feira (11), quando choveu cerca de 100 milímetros em poucos minutos, ocasionando assim alagamento em alguns pontos da cidade.


“A implantação destas barragens faz parte de um conjunto de medidas previstas no Plano de Controle das Cheias Urbanas, executado pela Prefeitura. Com isso, objetivamos atender os pontos críticos, com obras de canalização e construção de reservatórios para contenção de cheias”, reforça Frederico.

Colaboração Assessoria de Imprensa.