26°
Máx
19°
Min

Pelo 2º mês seguido, Londrina registra saldo negativo de empregos

(Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas) - Pelo 2º mês seguido, Londrina registra saldo negativo de empregos
(Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas)

Londrina perdeu 263 vagas de emprego no mês de março, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (22) pelo Ministério do Trabalho. Foram sete mil contratações e 7.263  demissões.

No acumulado do ano, o saldo negativo é de 366 vagas. O setor de serviços, que havia registrado saldo positivo de 282 empregos em fevereiro, foi o vilão do mês de março, com a perda de 370 vagas. Por outro lado, o comércio registrou abertura de 154 postos de trabalho no mês.

Entre as funções que mais perderam vagas estão carregador de armazém (270) e operador de telemarketing (143). Já as com mais oportunidade foram assistente administrativo (86) e professor instrutor da área de serviços (70).

Paraná

O estado do Paraná fechou o mês com perda de 3.855 empregos. Construção Civil (-2.319) e Comércio (1.674) registraram os saldos mais negativos. Entre as cidades do estado com mais de 30 mil habitantes, o melhor resultado foi obtido em Telêmaco Borba (241), Umuarama (206), Marechal Cândido Rondon (154), Medianeira (150), Ibiporã (107) e Arapongas (103).

Já os piores saldos foram de Curitiba (-2.105), São José dos Pinhais (-489), São Mateus do Sul (-326), Foz do Iguaçu (-308) e Londrina.