21°
Máx
17°
Min

Plaenge compra terreno de R$45 milhões no Chile

(foto: Divulgação) - Construtora londrinense compra terreno de R$ 45 milhões no Chile
(foto: Divulgação)

A construtora Plaenge está ampliando sua operação no Chile, onde atua desde 2009, construindo casas e apartamentos no Sul do País. Agora desembarca em Santiago, capital chilena, onde acaba de investir R$ 45 milhões na aquisição de uma área de 44 mil metros quadrados. O projeto prevê a construção de dez torres em um prazo de até dez anos, somando um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 300 milhões.

A operação no Chile é estratégica dentro do planejamento da empresa, que chegou ao país no final da década passada com investimentos que foram crescendo de forma gradativa e em linha com a economia chilena. "Conforme concluímos os primeiros empreendimentos e percebemos que o mercado chileno aceitou bem nossos produtos e as inovações implementadas, fomos ampliando os investimentos", explica Alexandre Fabian, diretor da Plaenge. Ele cita o bom momento da economia chilena como outro fator de incentivo para a ampliação dos negócios. Hoje, o Chile se configura como uma das mais importantes economias da América Latina, com expectativa de crescimento de 2% do PIB em 2016. "É um investimento de longo prazo, planejado e motivado pelo desempenho e expectativas positivas da economia do Chile", reforça.

Inicialmente serão lançados três edifícios em Santiago. O primeiro deve contemplar uma torre residencial, com unidades de cerca de 100 m² privativos. Fabian destaca que, no Brasil, o Grupo Plaenge consolida seus resultados em um período de maior entrega de empreendimentos e consequente maior disponibilidade de caixa, oportunizando ampliar os projetos e recursos aplicados fora do país. Santiago, a nova aposta da Plaenge, é a capital e a principal cidade do Chile, com cerca de 5,2 milhões de habitantes. É uma metrópole que se destaca por ser um forte centro urbano, financeiro, cultural e turístico.

No Chile, a Plaenge já entregou 1.429 unidades habitacionais em 14 projetos, desde 2009. No início deste ano, a Plaenge lançou mais um empreendimento, um condomínio de casas de alto padrão desenvolvido a partir da experiência conjunta de engenheiros brasileiros e chilenos, batizado de Jardín Paulista. O empreendimento será construído na cidade de Chillán, ao sul do país, considerada região turística.

A Plaenge tem em fase de construção e comercialização no Chile cinco projetos, totalizando 600 unidades. Atualmente, o Chile já representa 15% dos negócios do Grupo Plaenge, participação que cresceu bastante desde o início da operação. Do total de 61 empreendimentos em comercialização do grupo, 9 estão no Chile, número que tende a crescer nos próximos anos.

(com assessoria de imprensa)