21°
Máx
17°
Min

Plano de carreira da GM deverá ser implantado dentro do possível

Foto: Divulgação - Plano de carreira da GM deverá ser implantado dentro do possível
Foto: Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (24) guardas municipais realizaram manifesto em frente à sede da Prefeitura de Foz do Iguaçu para protestar sobre o plano de carreiras da categoria, pedindo adequação da Lei Federal num. 13.022/2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais.

Os guardas pedem a implantação do Plano de Carreira reajustando as remunerações médias, o que, segundo a secretaria de Administração, geraria um impacto inicial de pouco mais de R$ 9 milhões para o Município, em 2017.

A decisão de implantar o Plano de Carreira, segundo o prefeito, depende da possibilidade financeira.

“Queremos implantar, mas iremos fazer à medida do possível e a previsão é de quando melhorar a situação financeira do país. Entendo como legítima a reivindicação que eles estão fazendo hoje, mas é importante olhar para o atual cenário que estamos enfrentando, só de arrecadação o município teve queda de 15% em fevereiro, com relação a fevereiro de 2015 e isso reflete na nossa condição de poder atendê-los”, enfatizou Reni Pereira.

O prefeito ainda destacou que é preciso discutir se o Município poderá arcar com essa implantação no futuro, considerando os dois próximos anos, prevendo realizar tudo dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal.

“A realidade de Foz do Iguaçu é a mesma do país, por isso, é preciso sim termos cautela”, frisou.

O secretário municipal de Segurança Pública anunciou no final da manhã que a decisão do prefeito Reni Pereira, sobre as referências, é de oferecer aos guardas um pagamento em maio e outro no segundo semestre.

Sobre a situação do Plano de Carreira, o secretário disse que a Procuradoria do Município irá analisar juridicamente e até o final desta tarde deverá ser apresentado um posicionamento.

Remunerações atuais

O quadro das atuais remunerações apresenta a menor remuneração média, como sendo dos guardas de 2ª classe, no valor de R$ 4.545,00, considerando o vencimento básico, periculosidade e adicional permanente. Esse valor não inclui o adicional noturno.

Veja as demais remunerações médias:

  • Guarda Municipal 3ª classe – R$ 4.783,00 de remuneração
  • Guarda Municipal 2ª classe – R$ 4.545,00 de remuneração
  • Guarda Municipal 1ª classe – R$ 5.480,05 de remuneração
  • Subinspetor --------------------- R$ 6.922,34 de remuneração
  • Inspetor -------------------------- R$ 8.366,31 de remuneração
  • Inspetor de área --------------- R$ 9.686,95 de remuneração

Colaboração: Assessoria de imprensa