22°
Máx
14°
Min

Poda de árvores exige autorização de Secretaria do Meio Ambiente

(Foto: Divulgação) - Poda de árvores exige autorização de Secretaria do Meio Ambiente
(Foto: Divulgação)

O aumento no número das chamadas podas drásticas está preocupando a Secretaria de Meio Ambiente em Francisco Beltrão. O órgão vem intensificando a fiscalização a este tipo de serviço, que muitas vezes é feito sem qualquer consulta pelos moradores, mas deve ter autorização e orientação da Secretaria.

“Durante o final de semana foram realizadas podas de forma bastante agressiva às arvores e de forma irregular, por isso nossa fiscalização está dando uma atenção maior a estes casos”, afirma o secretário de Meio Ambiente, Dalmir ‘Guinho’ Tonelo. “A gente pede que os moradores nos consultem antes de realizar a poda para que seja feita da forma correta e onde é necessário”, diz.

A autorização para poda pode ser solicitada na sede da Secretaria, que funciona dentro do parque de exposições e que avalia a necessidade do serviço e orienta os moradores quanto a forma correta de realizá-la sem causar danos à árvore. Quem for pego realizando poda sem a autorização está sujeito a penalidades do Código Ambiental Municipal e da Lei de Crimes Ambientais do Paraná, que prevêem multa entre R$ 220 e R$ 2.200.

O engenheiro ambiental da Prefeitura, Gustavo Baczinski, alerta que a poda drástica afeta a saúde da árvore e pode causar danos irreversíveis à planta. “Cada árvore tem um papel importante dentro da cidade e quando a poda é feita de forma muito agressiva pode iniciar o processo de apodrecimento da planta, com a criação de fungos e queda de galhos e do próprio tronco, representando um risco grande”, explica o engenheiro.

Colaboração Assessoria de Imprensa.