22°
Máx
16°
Min

Polícia Ambiental flagra área de desmatamento

(Foto: Divulgação / Polícia Ambiental) - Polícia Ambiental flagra área de desmatamento
(Foto: Divulgação / Polícia Ambiental)

Após denúncias anônimas policiais ambientais do Batalhão de Vila Velha flagraram uma área de desmatamento da vegetação em regeneração da Mata Atlântica equivalente a 0,8 hectares. A ação aconteceu na localidade rural de Mato Branco de Baixo, em Imbituva, a 68 quilômetros de Ponta Grossa. No local havia espécies nativas de araucária, canela guaicá, imbuia e outras espécies.

Além disso, na mesma área, a Polícia Ambiental encontrou o corte isolado de dois pinheiros do Paraná, espécie ameaçada de extinção no estado. Como no momento da fiscalização não foi apresentado autorização legal expedida pelos órgãos ambientais competentes, o proprietário assumiu a responsabilidade pelo dano ambiental.

Ainda no local foram apreendidos quatro metros cúbicos e madeira beneficiada, com ripas e tábuas de pinheiro, além de 30 metros cúbicos de lenha nativa de espécies diversas. O material ficou na propriedade rural e o dono foi responsabilizado até a decisão dos órgãos competentes. Será encaminhada a documentação ao escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) de Irati para as sanções na esfera administrativa e para a delegacia da Polícia Civil de Imbituva o encaminhamento na esfera penal.