26°
Máx
19°
Min

Polícia Ambiental flagra serraria que funcionava sem licença

Proprietário da serraria foi autuado pela Polícia Ambiental e orientado a interromper (Foto: Divulgação / Polícia Ambiental) - Polícia Ambiental flagra serraria que funcionava sem licença
Proprietário da serraria foi autuado pela Polícia Ambiental e orientado a interromper (Foto: Divulgação / Polícia Ambiental)

A Polícia Ambiental autuou o dono de uma serraria que funcionava sem licença expedida pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) na comunidade de Marmeleiro de Baixo, no município de Rebouças (101 quilômetros de Ponta Grossa).

Durante vistoria no local, foram encontradas duas toras de imbuia e uma de cedro, sem nota fiscal e o Documento de Origem Florestal (DOF). O proprietário assinou o Termo Circunstanciado pelo suposto crime ambiental.

Em outra serraria, os policiais encontraram armazenamento irregular de pinheiro. A madeira já estava toda serrada. O proprietário da serraria não apresentou licença ambiental nem o documento de origem florestal da madeira. No entanto, ele afirmou que possui os documentos e foi notificado a apresentá-los no posto da Polícia Ambiental de Vila Velha, em Ponta Grossa, até o próximo dia 22 de julho. 

O proprietário assinou o Termo Circunstanciado. Os dois casos serão informados ao IAP.

Colaboração Rádio Najuá.