22°
Máx
17°
Min

Polícia apreende moto supostamente usada por autor de disparo contra PM em Mandaguaçu

(Foto: Divulgação) - Polícia apreende moto supostamente usada por autor de disparo contra PM
(Foto: Divulgação)

As polícias Civil e Militar continuam as buscas pelo acusado de balear o policial militar Carlos Eduardo de Azevedo, em Mandaguaçu (a 20 quilômetros de Maringá). O crime foi registrado na noite de sábado (21), quando o homem deixava a igreja acompanhado da família.

Testemunhas contaram que viram uma motocicleta vermelha trafegando em alta velocidade após o crime, o que chamou a atenção dos policiais. Com equipes de Mandaguaçu, São Jorge e Ourizona, a Polícia Militar iniciou buscas pela região pelo veículo suspeito.

Inicialmente, as equipes foram até um endereço onde a moto teria sido deixada. No local realmente havia uma Honda CG 125 vermelha, estacionada no quintal, em que também estavam dois agasalhos e uma touca bala clava, objetos que correspondem aos observados por testemunhas do crime.

O morador declarou que dois homens haviam deixado o veículo no local. Outras três casas foram vistoriadas até que um morador contou ter emprestado a motocicleta para um amigo. O suspeito teria aparecido depois bastante agitado, pegou a moto do irmão e saiu, sem dizer para onde ia.

A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (23) que os objetos apreendidos foram entregues na delegacia para apuração e que as buscas continuam. O policial ferido teve sorte e sofreu apenas lesões superficiais, sendo encaminhado ao Hospital Universitário de Maringá.