22°
Máx
17°
Min

Polícia Civil marca presença em debate sobre ameaças transnacionais, em Bogotá

Foto: SESP/PR - Civil marca presença em debate sobre ameaças transnacionais
Foto: SESP/PR

Responsável pela condução de boa parte dos inquéritos de crimes que ocorrem na região de fronteira, o delegado-titular da 6ª Subdivisão Policial de Foz do Iguaçu, Alexandre Macorin, participou do Seminário sobre Ameaças Transnacionais em Bogotá, na Colômbia, neste mês.

O evento, da Escola Superior de Guerra da Colômbia e do Centro William J. Perry para Estudos Hemisféricos de Defesa (CHDS), reuniu cerca de cem especialistas da região para debates e palestras sobre temas como contraterrorismo, combate ao crime organizado transnacional e cibersegurança. “O crime não tem fronteira. Hoje, vemos grupos terroristas se aliando a criminosos especializados no tráfico de drogas e todos os países vizinhos lidam com esse problema diariamente”, conta o delegado Macorin.

O delegado destacou ainda a relevância da participação no evento para debater tendências e estratégias de atuação das forças policiais e troca de boas práticas, bem como a coordenação interagências e assuntos como a falta de regulamentação para o uso de drones.

Colaboração: SESP