22°
Máx
16°
Min

Polícia Civil prende quadrilha suspeita de crimes contra o patrimônio

Quatro pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (13), três suspeitas de crimes contra o patrimônio e uma envolvida em tráfico de drogas, após uma operação deflagrada pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) da Polícia Civil de Curitiba. A ação foi realizada no bairro Sítio Cercado, na capital e no bairro Iguaçu, no município de Fazenda Rio Grande. Além dos presos, a Polícia Civil apreendeu 16 quilos de maconha.

A prisão dos suspeitos aconteceu depois que a especializada conseguiu identificar três pessoas envolvidas em uma associação criminosa especializada em roubo a residência. Patryk Fernando dos Santos, 27 anos, Wellington Gomes da Silva, 27 anos e Leonardo Rocha de Assis, 20 anos, foram presos em suas residências após um mandado de prisão preventiva decretada pela 2ª Vara Criminal de Curitiba.

De acordo polícia, o trio é suspeito de integrar uma quadrilha de ladrões de residências envolvidos na prática de pelo menos 11 roubos. Conforme investigações, Patryk e Wellington prestavam suporte aos assaltos permanecendo do lado de fora da casa para vigiar, caso acontecesse algum problema. Já Leonardo, era o responsável pela confecção das placas frias para os veículos que eram roubados pelo bando.

Durante a ação, a polícia prendeu em flagrante o pai de Leonardo, identificado como Adenir Rocha de Assis, mais conhecido como “Miquimba” 50 anos, flagrado com 16 quilos de maconha. Pai e filho foram presos no bairro Sitio Cercado. Leonardo responderá pelos crimes de adulteração de sinal identificador de veículo automotor e associação criminosa. Já seu pai “Miquimba”, foi autuado pelo crime de tráfico de drogas. Patryk e Wellington foram presos no responderão pelos delitos de roubo circunstanciado e associação criminosa.

Com informações da Polícia Civil