26°
Máx
19°
Min

Polícia Civil prende suspeito e esclarece dois homicídios

Na casa onde suspeito se escondia, foram encontradas duas motos com as placas adulteradas (Foto: Divulgação / Polícia Civil) - Polícia Civil prende suspeito e esclarece dois homicídios
Na casa onde suspeito se escondia, foram encontradas duas motos com as placas adulteradas (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

A Polícia Civil de Arapoti (135 quilômetros de Ponta Grossa) esclareceu os dois últimos casos de homicídio ocorridos no bairro Vila Nova. Um suspeito foi preso pelo crime e um comparsa também foi detido pela polícia por auxiliar o rapaz a se esconder das autoridades.

O primeiro caso aconteceu no último dia 8 quando Kevin Leonardo dos Santos, de 18 anos, foi atingido por um tiro na cabeça no portão da casa de um amigo. A vítima teria saído no portão depois da discussão do pai com rapazes do bairro e foi surpreendido pelo tiro. Kevin chegou a ficar internado na UTI por alguns dias, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O segundo caso aconteceu menos de vinte dias depois, no último dia 26 no mesmo lugar. A vítima, Gabriel Gonçalves, de 21 anos, sofreu vários tiros e morreu no local. A Polícia Militar e Polícia Civil foram acionadas e estiveram no local nas duas ocasiões. Os trabalhos de investigação indicavam que o autor dos homicídios era a mesma pessoa. No entanto, os motivos dos crimes ainda são apurados.

Depois de produzirem provas que confirmassem a autoria do crime, a polícia representou pela prisão preventiva do suspeito, que fugiu após cometer os crimes. Nesta terça-feira (30), os investigadores identificaram que o rapaz tinha retornado em passagem rápida pelo município de Arapoti para buscar seus pertences pessoais e fugir novamente para outra cidade.

Os policiais descobriram que o suspeito estava se escondendo na casa de um amigo. Desta forma, foi realizada uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar para efetuar a prisão do rapaz. Quando os policiais chegaram no bairro, o rapaz fugiu pelos fundos do quintal pulando o muro da vizinhança, mas acabou detido. Os policiais cercaram o quarteirão e revistaram os locais por onde ele havia passado.

Ele foi localizado no interior do forro da casa de um primo. Preso, foi conduzido para delegacia. O amigo dele também foi preso pelo crime de favorecimento pessoal, por auxiliar um foragido da Justiça. Os dois também foram autuados pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo por terem sido encontradas duas motocicletas com eles, uma delas com sinais adulterados e placa pertencente a uma moto roubada na cidade de Carlópolis.

Colaboração Polícia Civil.