22°
Máx
14°
Min

Polícia Civil prende suspeitos de latrocínio em boate

Polícia Civil prende suspeitos de latrocínio em boate

Uma grande operação coordenada pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (9) resultou na prisão de três adultos e na apreensão de dois adolescentes na região do bairro Dalabona, em Ponta Grossa. Eles são suspeitos de uma série de assaltos ocorridos na cidade, incluindo o caso que resultou na morte da funcionária de uma boate no fim de fevereiro.

Na operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão contra os suspeitos. Além dos cinco detidos, um adolescente ainda é procurado pelos policiais por suspeita de participação nos crimes. Um quarto adolescente também teria participado da ação e foi detido ainda na madrugada do dia 29, quando o caso foi registrado. Este menor foi encaminhado até o Centro de Socioeducação (Cense) de Ponta Grossa.

Os três adultos presos foram identificados como Leandro Rafael Vicente, de 19 anos, Kelvin Florenski, de 21 anos, e William Mendes dos Santos, de 20 anos.

De acordo com a Polícia Civil, eles permanecem durante a tarde na sede da 13ª Subdivisão Policial (13ª SDP) para prestarem depoimento. Eles negam a participação no crime, mas a polícia reuniu provas suficientes que comprovam o envolvimento do grupo no latrocínio. Eles também são suspeitos de uma série de assaltos ocorridos na cidade em que os autores usaram de violência contra as vítimas. A investigação continua para ligar os presos e apreendidos a outros casos de assalto na cidade.

Colaboração Maira Zimermann, da Rede Massa.