20°
Máx
14°
Min

Polícia colhe depoimentos sobre morte de mulher em van

Adriana Ferronato morreu depois de levar quatro tiros em uma emboscada na terça-feira (Foto: Divulgação) - Polícia colhe depoimentos sobre morte de mulher em van
Adriana Ferronato morreu depois de levar quatro tiros em uma emboscada na terça-feira (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Marmeleiro continua as investigações para tentar elucidar o homicídio de Adriana Ferronato Zuchello, de 34 anos. Ela foi morta a tiros na tarde de terça-feira (11) no bairro Coophamar.

Adriana dirigia uma van escolar quando foi abordada por um Astra e um homem que estava no carro atirou contra ela. Gravemente ferida, ela chegou a ser socorrida pelo Samu e encaminhada ao Hospital Regional de Francisco Beltrão, mas morreu pouco tempo depois.

A Polícia Civil passou a investigar o caso e segundo informações da secretaria do delegado Vagner Ferreira, a polícia continua as investigações e prossegue ouvindo depoimentos. Mais detalhes do caso permanecem mantidos em sigilo para que o andamento do caso não seja prejudicado. Ainda não há informações sobre motivação ou suspeita do crime.

Adriana era casada, tinha uma filha de 11 anos e estava grávida de três meses.

Colaboração PP News FB.