22°
Máx
14°
Min

Polícia deflagra operação “Salve Geral” em Londrina; suspeito de matar agente é preso

Polícia deflagra operação “Salve Geral” em Londrina; suspeito de matar agente é preso

A Polícia Civil de Londrina deflagrou, na madrugada desta quinta-feira (12) a operação “Salve Geral”, com objetivo de prender integrantes de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios e está envolvida em homicídios.

Foram cumpridos 11 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão.

Flavio Camilo de Carvalho foi preso em Arapongas com uma pistola 9 milímetros, enquanto Alex Junio dos Santos foi detido em Ivaiporã com  120 gramas de crack. Os demais foram presos em Londrina: Thiago Mantovani Bezerra;  Jean Rodrigues da Silva; Kayke José Elias; Henry Moryama; Ulisses Wanderley Vaz e Charles de Oliveira Mendes. Gabriel Mendonça já estava detido em Santa Catarina.

(foto: Reinaldo Furlan/Rede Massa)(foto: Reinaldo Furlan/Rede Massa) 

A quadrilha é suspeita de orquestrar o assassinato do agente penitenciário Gesiel Araújo Palma, morto a tiros na manhã de 18 de abril no jardim San Fernando, em Londrina. Segundo o delegado de Homicídios, Paulo Henrique Costa, a polícia chegou até o grupo durante a investigação da morte de Palma. Com as detenções, as investigações serão aprofundadas, já que haveria uma lista com outros sete agentes penitenciários que seriam alvo da quadrilha.

(atualizado às 10h32)

(colaborou Reinaldo Furlan/Rede Massa)