22°
Máx
16°
Min

Polícia detém padre com arma de fogo sem registro

(Foto: Divulgação) - Polícia detém padre com arma de fogo sem registro
(Foto: Divulgação)

Um padre de Cruz Machado, a 254 quilômetros de Ponta Grossa, foi detido nesta semana pela Polícia Civil de União da Vitória com um revólver sem registro. Segundo informações da polícia, o padre Luiz Pedro, da Igreja do Rito Ucraniano Católico, foi encaminhado até a delegacia, mas pagou fiança e foi liberado pouco tempo depois.

Ele ganhou um pequeno revólver calibre 22 de um pároco já falecido e mantinha a arma guardada em casa, dentro de uma gaveta. De acordo com o delegado Douglas de Possebon, o padre mantinha a arma em casa por morar no interior do município, em um local afastado, e disse se sentir mais seguro com a arma, que foi apreendida pelas autoridades.

Boatos

O delegado também esclareceu que as informações divulgadas em grupos de WhatsApp e nas redes sociais, de que a prisão do padre estaria ligada ao sumiço de duas jovens, não passa de um boato. “Ele foi detido pela posse da arma, foi arbitrado fiança e ele foi liberado. Não há qualquer tipo de ligação entre a prisão dele e o sumiço das jovens. Além disso, a informação de que os corpos foram encontrados também é falsa”, frisa.

A autoridade policial se refere ao desaparecimento de duas adolescentes nos últimos meses. Camile Loures de Chagas, de 13 anos, foi vista pela última vez no dia 15 de dezembro do ano passado quando voltava para casa. Já Solange Roseli Vitek, de 16 anos, desapareceu no dia 16 de abril deste ano. Possebon garante que a polícia segue investigando o caso e não divulga mais informações para não atrapalhar o andamento dos trabalhos.

Colaboração portal Vvale.