28°
Máx
17°
Min

Polícia e agentes frustram fuga na Penitenciária de Francisco Beltrão

Policiais de plantão perceberam que presos estavam escalando o muro e evitaram fuga da cadeia (Foto: Divulgação / PM) - Polícia e agentes frustram fuga na Penitenciária de Francisco Beltrão
Policiais de plantão perceberam que presos estavam escalando o muro e evitaram fuga da cadeia (Foto: Divulgação / PM)

Policiais militares e agentes penitenciários evitaram a fuga de presos da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão (PEFB) na noite desta segunda-feira (26). Os detentos foram flagrados tentando pular os muros da unidade prisional utilizando cordas artesanais feitas com lençóis, as chamadas ‘teresas’. Com a ação rápida das equipes de segurança, nenhum detento conseguiu escapar.

De acordo com a Polícia Militar, o Pelotão de Guarda do presídio informou que alguns presos haviam conseguido sair das celas e utilizavam as cordas artesanais para pular o muro. As equipes da PM realizaram patrulhamento do lado externo, mas nenhum preso foi encontrado. A fuga foi flagrada pelos agentes penitenciários pelas câmeras de segurança. Um policial que estava de serviço na guarita já havia rendido os presos e levado todos até a parte interna da penitenciária.

O policial revelou que 15 minutos depois de assumir o serviço na noite de ontem, viu um homem escalando a grade que separa os blocos do muro do presídio e efetuou cinco tiros de advertência. O detento já havia jogado uma ‘teresa’ no muro externo e, depois dos tiros, outros seis presos pularam a grade, mas foram rendidos pelo policial, que desceu da guarita e conseguiu abordar os sete presos que tentavam fugir.

Ele ainda conseguiu encaminhar todos os presos até uma região em que o policial da guarita 3 observou o que estava acontecendo e, pelo rádio, pediu reforço dos agentes e de outras equipes da PM.

Segundo informações dos agentes penitenciários de serviço, a tentativa de fuga teria ocorrido no bloco 2, após os detidos terem quebrados as grades das celas. Em cada um dos cubículos havia sete presos, mas apenas metade deles tentou escapar. A polícia agora investiga como aconteceu a tentativa de fuga.