24°
Máx
17°
Min

Polícia Federal combate crime organizado em Chopinzinho e Pato Branco

(Foto: Divulgação / PF) - Polícia Federal combate crime organizado em Chopinzinho e Pato Branco
(Foto: Divulgação / PF)

Na manhã desta quinta-feira (5), a Polícia Federal cumpre seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Chopinzinho e Pato Branco, no sudoeste do Paraná, relacionados à investigação sobre o direcionamento de licitações realizadas para a construção de calçadas públicas na cidade de Chopinzinho, custeadas com recursos repassados pelo Ministério das Cidades.

A investigação identificou o direcionamento de contratos da Prefeitura de Chopinzinho/PR para empresa de engenharia constituída em nome de ‘laranjas’, mas encabeçada pelo genro e pelo cunhado do ex-prefeito, Vanderlei José Crestani.

Numa primeira licitação, realizada em 2011, a empresa RTK Construções LTDA, representada pelo cunhado de Vanderlei José Crestani, sagrou-se vencedora para assinatura de contrato no valor de R$ 482.527,49. Logo em seguida, a citada licitação foi anulada por “conveniência administrativa”, o cunhado do ex-prefeito retirou-se do contrato social da empresa RTK Construções LTDA e a mesma empresa sagrou-se vencedora numa nova licitação com preço global de R$ 481.140,52. Nesse novo contrato uma das sócias da RTK Construções LTDA também figurou como fiscal administrativa representando a Prefeitura de Chopinzinho.

Também está sendo cumprido mandado de busca e apreensão na residência da filha do ex-prefeito, pois seu genro era de fato um dos proprietários da empresa RTK Construções Ltda.

A RTK Construções LTDA e outra empresa do mesmo grupo, a FCK Artefatos de Cimento LTDA, funcionam em bem público de 41.270,29 metros quadrados, com barracão de 815 metros quadrados, cujo uso foi concedido pela Prefeitura de Chopinzinho na gestão do ex-prefeito Vanderlei José Crestani.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Pato Branco para cumprimento em quatro residências e três empresas de construção civil.

Colaboração Assessoria de Imprensa.