24°
Máx
17°
Min

Polícia impede bloqueio total da Ponte da Amizade

A Polícia Rodoviária Federal com o apoio de outras equipes das forças de segurança, impediram o bloqueio total da Ponte Internacional da Amizade, por manifestantes que ocupam o local.

O trânsito segue lento, pois uma das pistas foi ocupada para o ato. Cerca de 200 pessoas estão no local. Confira o boletim divulgado pela PRF com a atualização das manifestações no Paraná:

Quadro atualizado às 11h40

Foz do Iguaçu, BR-600, quilômetro 6,8.

  • Entre 6h30 e 9h30, cerca de 200 manifestantes de centrais sindicais e do MST promoveram interdição parcial da rodovia. A PRF conseguiu manter o fluxo normal de veículos e o acesso à Usina de Itaipu.
  • Na sequência, os mesmos manifestantes se dirigiram até a Ponte da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai. Eles chegaram à ponte por volta de 10 horas da manhã. Agentes da PRF, da PF, Força Nacional e da Guarda Municipal estão no local e impedem o bloqueio total da ponte. Há lentidão no fluxo sentido Paraguai.

Peabiru, BR 158, quilômetro 202.

  • Manifestação do MLT (Movimento de Luta pela Terra).  Pista fechada nos dois sentidos entre as 7h20 e as 9h30. Aproximadamente cem manifestantes.

Palmeira, BR 376, quilômetro 538.

  • Integrantes do MST ocuparam às 9 horas a praça de pedágio. Cancelas abertas no local. Apenas uma faixa liberada em cada sentido.

Laranjeiras do Sul, BR 277, km 464.

  • Desde as 9 horas ocorre uma interdição total de pista na praça de pedágio por aproximadamente 400 manifestantes do MST.

Realeza, BR 163, km 131.

  • Às 11h30, cerca de 200 manifestantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) bloqueiam totalmente a rodovia, na cabeceira da ponte do Rio Iguaçu.