22°
Máx
16°
Min

Polícia investiga agressões de mãe a menino de três anos

A mãe de um garoto de quatro anos é investigada pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) por agredir o filho. Ela teria dado uma chinelada no rosto da criança com tanta força que a marca ficou no rosto do menino por pelo menos quatro dias.

A denúncia dos maus tratos chegou ao Conselho Tutelar, que encaminhou o caso para a delegacia especializada e acolheu a criança em uma instituição da cidade. A mãe, de 19 anos, foi levada para a delegacia e negou a agressão, de acordo com a delegada Ana Paula Cunha Carvalho. “O marido está preso, segundo ela [mãe] por tráfico de drogas”, comenta a autoridade policial.

“Segundo a mãe, ela teria jogado o chinelo na criança em razão de uma desobediência dele, mas a gente descarta essa possibilidade”, garante a delegada, explicando que a lesão ainda era muito aparente quatro ou cinco dias depois do crime, que ocorreu no domingo.

Segundo o que a polícia levantou até o momento, tudo aconteceu porque o menino estaria brincando na casa e caiu da escada. Irritada com a situação, ela teria batido no menino. O caso segue sob investigação e o menino continua morando em uma instituição da cidade.

Colaboração Rafaela Schuinka / Rede Massa.