27°
Máx
13°
Min

Polícia investiga morte de pedreiro em Umuarama; família pede resposta

Irmãos foram ao IML reclamar o corpo de Ferrarezi (Foto: Tribuna Hoje) - Polícia investiga morte de pedreiro; família pede resposta
Irmãos foram ao IML reclamar o corpo de Ferrarezi (Foto: Tribuna Hoje)

A Polícia Civil investiga como se deu a morte de um pedreiro em Umuarama. Nilson Ferrarezi, 51 anos, trabalhava na reforma do forro de uma oficina mecânica, próxima ao trevo de saída para Guaíra. Ele sofreu um ferimento gravíssimo na cabeça, foi encaminhado ao Hospital São Paulo, mas veio a óbito esta semana.

Inicialmente, a lesão seria fruto de uma queda de um andaime de quatro metros de altura. Porém, depois se descobriu que o pedreiro estava longe da estrutura quando morreu, como informou o delegado Fernando Ernandes Martins.

“Os investigadores foram até o local e descobriram que o homem provavelmente não caiu do andaime, ao lado dele foi verificado que havia alguns objetos contundentes”, contou.

(Foto: Alex Miranda/Rede Massa)(Foto: Tribuna Hoje)

De acordo com a irmã da vítima, Cassilda Ferrarezi, que mora em Paiçandu (região de Maringá), Ferrarezi teria sofrido um golpe violento na cabeça. “Nós acreditamos que ele possa ter sido agredido com uma pedra grande, que também aparentemente possa ter se deslocado do forro e caído sobre ele. Queremos saber o que houve”, declarou ao lado de outros dois irmãos.

A Polícia Civil aguarda o laudo do Instituto Médico-Legal (IML) para seguir com as investigações.

Colaboração Alex Miranda da Rede Massa