23°
Máx
12°
Min

Polícia investiga nova ossada humana encontrada em chácara

Existe a suspeita de que a ossada seja de uma das adolescentes desaparecidas na cidade (Foto: Reprodução / TV Mill) - Polícia investiga nova ossada humana encontrada em chácara
Existe a suspeita de que a ossada seja de uma das adolescentes desaparecidas na cidade (Foto: Reprodução / TV Mill)

Uma nova ossada humana encontrada nesta quinta-feira (11) no interior de Cruz Machado (254 quilômetros de Ponta Grossa) mobiliza as autoridades policiais de toda a região nesta sexta-feira (12). Existe a suspeita de que os ossos sejam de uma das adolescentes desaparecidas na cidade, casos que ainda seguem sob investigação pela delegacia de União da Vitória.

Nesta quinta, em uma chácara da Linha Encantilhado, foram encontrados um crânio humano, ossos da região pélvica e um fêmur. O dono da fazenda verificava a divisa do terreno quando encontrou os ossos. Ainda no local, foram encontrados vários objetos, como uma mochila preta. De acordo com a Polícia Militar de Cruz Machado, a ossada foi achada a três quilômetros de distância dos primeiros ossos encontrados.

Durante a manhã de hoje, o Instituto de Criminalística de Curitiba e o Instituto Médico Legal (IML) de União da Vitória foram acionados para analisar a cena do crime.

Camile Loures das Chagas, de 13 anos, desapareceu em dezembro do ano passado, e Solange Roseli Vitek, de 15 anos, não é vista desde abril deste ano. No início do mês passado, uma ossada foi encontrada ao lado de outros objetos que seriam de Solange. O material foi encaminhado para Curitiba, onde exames de DNA poderão identificar quem seria a vítima. O mesmo deve ocorrer com os ossos localizados ontem.