22°
Máx
14°
Min

Polícia Militar decreta luto pela morte de cabo atropelado na PR-323 em Tapejara

(Foto: Divulgação) - Polícia Militar decreta luto pela morte de cabo atropelado
(Foto: Divulgação)

O Comando Geral da Polícia Militar do Paraná decretou luto oficial pela morte do policial rodoviário Reginaldo Rodrigues Monteiro, 40 anos. Ele faleceu em trabalho, na PR-323, em Tapejara, onde fazia abordagens a motoristas. O cabo tinha 19 anos de serviço, todo esse tempo prestado na 4ª Companhia de Polícia Rodoviária Estadual, que tem sede em Maringá.

"A Polícia Militar do Paraná perde mais um integrante, mais um irmão de farda, que diariamente lutou no combate à criminalidade, e inclusive, acabou perdendo a vida durante realização de serviços pela proteção da comunidade. Pedimos a Deus que conforte a família deste bravo guerreiro, para que ela compreenda os desígnios e consiga lutar neste momento difícil", declarou o comandante geral da corporação, coronel Arildo Luís Dias.

O acidente

O cabo Reginaldo Rodrigues Monteiro trabalhava na PR-323 quando um caminhão bitrem passou e provocou um deslocamento de ar. Ele foi projetado para a pista contrária, onde foi atropelado por outro bitrem e morreu no local. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Umuarama.

Luto

O comandante da 4ª Companhia da PRE, capitão Rodrigo Girotto, foi visitar a família do cabo falecido, em Campo Mourão, para prestar condolências e auxiliar nas questões do sepultamento. O comandante do batalhão, major Valdir Carvalho de Souza, também compareceu.

“O cabo Rodrigues prestava serviço na Rotam e era um excepcional profissional, atuou em diversas operações, inclusive da Operação Verão, tinha uma conduta exemplar, considero uma perda irreparável para nossa instituição. Estamos prestando condolências à família e faremos todas as honras previstas para homenageá-lo”, disse major Carvalho.

O policial rodoviário deixou esposa e filhos, além de dois irmãos, um deles policial militar que trabalha na mesma unidade e outro que atua como árbitro de partidas de futebol. O velório será a partir das 16 horas na Capela do Prever, em Campo Mourão. O enterro está marcado para às 9 horas de sexta-feira (13), no Cemitério Municipal da cidade.

Colaboração PM-PR