22°
Máx
16°
Min

Polícia Militar prende quatro pessoas por furto e receptação

Foto: Guia SMI - Polícia Militar prende quatro pessoas por furto e receptação
Foto: Guia SMI

A Polícia Militar de São Miguel do Iguaçu apreendeu no fim da manhã de quarta-feira, (13), um adolescente suspeito de furto e prendeu três pessoas pelo crime de receptação. A ocorrência teve início quando a Polícia Militar foi acionada para se deslocar até a rua Afonso Burtet, no Bairro Novo Mundo, onde uma pessoa acabou detendo um jovem suspeito de cometer um furto na terça-feira, (12).

A equipe se deslocou até o local e em conversa com o jovem apreendido, ele confessou que cometeu o crime no dia anterior. Em revista na mochila que o adolescente transportava, os militares encontraram R$ 75 que segundo o rapaz, eram do furto.

Como o rapaz se prontificou a informar onde tinha comercializado os produtos furtados, os policiais foram até o Bairro Santa Ana, onde ele havia deixado um notebook. Segundo o jovem, ele voltaria mais tarde para buscar um celular e certa quantia em dinheiro. Diante do fato, o homem que estava na residência foi encaminhado para a viatura.

Na sequência, o adolescente apontou para os policias outra casa nas proximidades, onde ele vendeu um relógio, também produto de furto, pelo valor de R$ 20,00. O morador afirmou para a polícia que comprou o relógio e também foi encaminhado para a viatura.

Os dois receptadores e o menor foram levados para o Destacamento da Polícia Militar, para a confecção do Boletim de Ocorrência. A PM entrou em contato com a vítima do furto, que foi até o Destacamento e reconheceu o relógio como sendo seu.

Ainda no Destacamento, o homem que iria trocar o notebook informou para a o polícia onde estaria o eletrônico. A equipe foi até a rua Fagundes Varela, no centro, e conversou com o dono da residência informada e o morador confirmou que comprou o notebook.

Diante dos fatos ele também foi encaminhado para o Destacamento da Polícia Militar, onde a vítima também reconheceu o aparelho como sendo dela. Todos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.

Colaboração: Guia SMI