27°
Máx
13°
Min

Polícia prende dupla suspeita de assaltar farmácias no centro de Curitiba

(Foto: Divulgação/Polícia Militar) - Polícia prende dupla suspeita de assaltar farmácias no centro de Curitiba
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Dois homens foram presos na madrugada desta quinta-feira (16), suspeitos de praticarem roubos a várias farmácias da área central de Curitiba. De acordo com a aspirante Thaislainy Pereira Scolaro, a equipe policial tinha conhecimento de um homem que estaria praticando os assaltos.

“Por volta das 2h40, enquanto faziam patrulhamento pela rua Saldanha Marinho, os policiais abordaram um suspeito, que também tinha um mandado de prisão em aberto por roubo. Ele foi levado para a Delegacia de Vigilância e Capturas de Curitiba”, explicou.

Pouco tempo depois, às 3h30, a mesma equipe conseguiu abordar outro homem, que seria comparsa deste preso, na rua Desembargador Ermelino de Leão. “Com ele foi apreendida uma pedra de crack e R$110,00 em dinheiro”, contou a aspirante da Polícia Militar.

Segundo ela, este segundo suspeito teria sido conduzido à delegacia recentemente após ser reconhecido pelas imagens das câmeras de segurança de uma farmácia como autor de outro roubo.

“No momento daquela abordagem ele usava as mesmas roupas do dia do crime, porém como não foi uma situação de flagrante, ele foi levado à delegacia e respondia um inquérito, sendo reconhecido por duas vítimas de situações distintas”, relatou.

Ainda de acordo com a aspirante Thaislainy, os dois homens, que seriam cunhados, teriam roubado uma farmácia na noite desta quarta-feira (15). “O crime aconteceu por volta das 19 horas na rua Barão do Cerro Azul. A gerente do local foi chamada para comparecer até a Delegacia de Furtos e Roubos, para fazer o reconhecimento da dupla”, afirmou.

A oficial da PM ainda pediu para as pessoas que foram recentemente vítimas de roubos na área central de Curitiba, que compareçam na Delegacia de Furtos e Roubos. “Elas precisam ir até o local para fazer o reconhecimento dos envolvidos. No caso dos comércios é preciso levar as imagens das câmeras de segurança para ajudar na identificação”, lembrou.