27°
Máx
13°
Min

Polícia prende integrantes de quadrilha que assaltava residências em Curitiba e região metropolitana

Três pessoas foram presas em flagrante nesta quarta-feira (3), durante a operação Panamá, deflagrada pela Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba. O objetivo da operação era prender suspeitos de integrar uma quadrilha de roubo a residências em Curitiba e região metropolitana. 

Ao todo, cerca de 30 policiais participaram da operação para cumprir 13 mandados judiciais, sendo três de prisão e outros 10 de busca e apreensão. Três suspeitos ainda continuam foragidos.

Guilherme dos Santos Pires, de 18 anos; Jéssica Erdmann Bellei, 25 anos; e um homem de 74 anos - avô de um suspeito de integrar a quadrilha - foram autuados em flagrante, cada um por um crime. Santos foi autuado por tráfico de drogas; Jéssica por receptação, posse de munição e associação criminosa e o homem de 74 anos por posse ilegal de arma de fogo.

O trio foragido - Charles Valerio da Silva Junior, 20 anos, Jefferson da Rosa Pereira, 21 e Leandro Lorenço Rodrigues Cabrini, de 19 - é investigado pelo roubo de pelo menos 15 residências. Eles atuam utilizando roupas e motos importadas, além de um chapéu modelo Panamá – motivo pelo qual a operação foi batizada. O foco dos roubos era, principalmente, joias e dinheiro.

Dois adolescentes, de 17 e 16 anos, também estão sendo procurados, suspeitos de participarem do grupo. Durante a operação, a polícia apreendeu uma arma longa, relógios de diversas marcas, tênis, perfumes, um playstation 4, munições de calibre 9 mm, .40 e 12, drogas, uma balança de precisão, além do chapéu Panamá, utilizado nos crimes.