20°
Máx
14°
Min

Polícia prende suspeitos de matar sargento do exército em assalto

(Foto: Divulgação/Polícia Civil) - Polícia prende suspeitos de matar sargento do exército em assalto
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Três pessoas foram presas pela Polícia Civil de São José dos Pinhais, nesta quinta-feira (19), no bairro Afonso Pena, suspeitas de matar o sargento do Exército Luis Eduardo Silva Virgilio, de 23 anos, durante um assalto.

O crime aconteceu na manhã do último dia 28 de abril, na rua Deputado Arnaldo Busato, no bairro Afonso Pena. O sargento foi abordado pelos três suspeitos que deram a voz de assalto e, na sequência, atiraram contra ele.

“Virgilio falava com a avó pelo telefone quando foi atingido com um tiro nas costas por um dos suspeitos. Depois do crime, o trio fugiu do local sem levar nenhum pertence da vítima”, relata o delegado-adjunto da unidade, Michel Teixeira.

“Descobrimos que os suspeitos utilizaram um Fiat/Siena para a prática do latrocínio. Também há indícios que o trio estava praticando roubo a celulares na região, para posteriormente comercializar esses aparelhos em grupos de redes sociais”, informa o delegado.

Durante as investigações, várias testemunhas foram ouvidas e câmeras de segurança analisadas. O trio, Luis Felipe Jede, 20 anos; Luis Eduardo Garcia, 21 anos; e Graziely Sergia Almeida, 20 anos; responderá pelo crime de latrocínio consumado e, se condenados, poderão pegar pena de 20 a 30 anos de prisão.

Colaboração: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil