24°
Máx
17°
Min

Polícia revela que caso pode não ser latrocínio

Morte pode ter outra motivação, e não ser latrocínio

A morte do proprietário de uma lotérica, localizada na Avenida João Gualberto, no Bairro Juvevê, no início da tarde deste sábado (9), pode, de acordo com a polícia, “não ter sido motivada por assalto”.

Ao contrário do que foi levado em consideração no primeiro momento, um levantamento mais minucioso, feito pela perícia no local, apontou que “nenhum bem ou valor foi levado do estabelecimento ou da vítima”.

As informações colhidas no local do crime, pelos repórteres Francine de Souza e Luiz Mandelli, da Rede Massa, dão conta de que a polícia recolheu seis máquinas caça-níqueis, que estavam nos fundos da lotérica. A perícia revelou também, que o homem identificado como Cícero Osório dos Reis, foi morto por pelo menos sete golpes de faca que atingiram o pescoço.

As imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas pela polícia.

Colaboração Francine de Souza/Luiz Mandelli/Rede Massa