27°
Máx
13°
Min

Policiais descobrem buraco em cela e presos tentam estourar cadeados

Depois que policiais encontraram buraco em uma das celas, presos estouraram cadeados e ameaçaram fugir (Foto: Divulgação) - Presos tentam fugir de carceragem duas vezes no mesmo dia
Depois que policiais encontraram buraco em uma das celas, presos estouraram cadeados e ameaçaram fugir (Foto: Divulgação)

As policiais Civil e Militar de Curiúva, a 170 quilômetros de Ponta Grossa, tiveram trabalho para controlar o ânimo dos presos que estão na carceragem da delegacia da cidade neste domingo (3). No fim da tarde, foi encontrado um buraco por onde os presos pretendiam escapar. Horas depois, eles voltaram a ameaçar fugir estourando os cadeados das celas.

Segundo informações da Polícia Militar, assim que os agentes escutaram barulhos dentro das celas, foi solicitado apoio às equipes de Sapopema e Figueira para vistoriar o interior da carceragem. Os presos foram colocados no solário e, em uma das lajes, os policiais encontraram o buraco que seria usado para a fuga. O local foi isolado e os detentos foram recolocados nas celas.

Horas depois, já durante a noite, equipes da PM de várias cidades da região tiveram que voltar para Curiúva porque os detentos estavam agitados e ameaçavam fugir. Os presos conseguiram quebrar o cadeado que isolava a cela com o buraco e tentavam chegar até o local para fugir.

Várias equipes da PM e da Civil foram até o local e passaram a madrugada de plantão para evitar que a fuga. Os policiais também fizeram a ronda externa para garantir a segurança da cadeia.

A cadeia de Curiúva tem capacidade para receber oito detentos, mas abriga hoje 21 presos.