21°
Máx
17°
Min

Policial Militar acusado de matar homem em campo de futebol é preso

(Foto: Ricardo Vilches/Rede Massa) - Policial Militar acusado de matar homem em campo de futebol é preso
(Foto: Ricardo Vilches/Rede Massa)

O policial militar acusado de assassinar a tiros Gilson da Costa de Camargo, de 28 anos, está preso. A informação foi confirmada pela Polícia Civil de Campina Grande do Sul. De acordo com o relato dos policiais ao repórter Ricardo Vilches, da Rede Massa, “ele foi preso temporariamente por 30 dias, sob acusação e homicídio e fraude processual”.

Ainda segundo a polícia, o mandado de prisão expedido pela Justiça foi cumprido pela própria Polícia Militar. Não há confirmação, até o momento, do local onde o acusado está detido, se no Batalhão de Piraquara ou de Colombo.

O delegado de Campina Grande do Sul, responsável pelo caso, Messias da Rosa, afirmou nesta manhã (21), que uma equipe da Polícia Civil está em Joinville nesta quinta-feira, para ouvir o depoimento do proprietário do revólver que foi entregue pelo acusado à Polícia Civil. À polícia, o acusado afirmou que "a arma estava em posse da vítima".

Messias também relatou que a fraude processual, da qual o policial militar está sendo acusado, é referente justamente a questão da arma. 

Colaboração Ricardo Vilches/Rede Massa