22°
Máx
14°
Min

Ponta Grossa registra terceira morte com suspeita de H1N1

(Foto: Divulgação) - Ponta Grossa registra terceira morte com suspeita de H1N1
(Foto: Divulgação)

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Ponta Grossa confirmou na tarde desta segunda-feira (23) que o município registrou a terceira morte com suspeita de gripe H1N1. A vítima era uma mulher de 34 anos de idade morreu no último sábado (21) e o material coletado foi encaminhado para o Laboratório Central do Estado (Lacen) para que exames detalhados confirmem qual foi a causa da morte. De acordo com a assessoria, ela sofria de doença crônica.

Agora, a cidade soma três casos de pessoas que morreram com suspeita da gripe H1N1. Um homem de 38 anos e uma mulher de 58 anos morreram neste mês de maio e a Secretaria Municipal de Saúde ainda aguarda o resultado dos exames para determinar a causa da morte.

Além do terceiro óbito, o município ainda tem dois novos casos da doença. Trata-se de uma mulher de 63 anos e um bebê de apenas nove meses de idade. Eles apresentaram os primeiros sintomas ainda em abril, foram medicados e já passam bem. No total, a cidade agora tem 39 situações confirmadas da gripe. Além dos cinco pacientes que estavam no sistema prisional, outros 18 precisaram de internamento e 16 receberam apenas atendimento ambulatorial.

A campanha de vacinação contra a gripe H1N1 acabou na última sexta-feira (20), mas um problema no sistema interno de controle dos vacinados impede que seja divulgado um balanço da imunização do público-alvo.