27°
Máx
13°
Min

Ponta Grossa tem aumento de 20% no número de homicídios

Foram 66 mortes violentas em 2015, contra 55 no ano anterior (Imagem Ilustrativa / Rede Massa) - Ponta Grossa tem aumento de 20% no número de homicídios
Foram 66 mortes violentas em 2015, contra 55 no ano anterior (Imagem Ilustrativa / Rede Massa)

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) divulgou nesta quarta-feira (17) o balanço de mortes violentas registradas no Paraná em 2015. Os dados apontam para maior redução na quantidade, conforme a Sesp, nos últimos sete anos. E em Ponta Grossa, o ano de 2015 foi o mais violento dos últimos quatro anos, com 66 mortes violentas registradas.

De acordo com o relatório divulgado pela pasta, aconteceram na cidade 59 homicídios, quatro latrocínios e outros três casos de lesão corporal com resultado de morte. O número é 20% superior ao registrado em 2014, quando ocorreram no município 47 assassinatos, quatro casos de latrocínio e mais quatro de mortes resultado de lesão corporal.

O número registrado no ano passado é o maior desde 2013. Há dois anos, o município teve 61 mortes violentas, com 49 homicídios, seis latrocínios e seis lesões corporais que acabaram em morte.

Região

Há pelo menos quatro anos, a cidade mais violenta dos Campos Gerais é Telêmaco Borba. Com cerca de 70 mil habitantes, os casos têm crescido ano a ano, conforme aponta o relatório da Sesp. Em 2012, foram 30 mortes violentas na cidade. No ano seguinte, houve uma redução drástica e aconteceram apenas 21 casos de homicídios e latrocínios no município, conforme aponta a Sesp. Porém, logo em 2014, o número saltou para 38 casos. No ano passado, conforme aponta a Secretaria, foram 41 homicídios.

Castro, que tem população semelhante à Capital do Papel, tem um número bem mais baixo – e apresentou queda em relação ao ano anterior. Foram 11 casos em 2015, entre homicídios e latrocínios, contra 16 casos em 2014. O número registrado no ano passado é o mesmo obtido em 2013, segundo aponta a Sesp.

Outra cidade da região que também obteve um resultado positivo no último balanço divulgado pelo governo estadual é Imbituva. Depois de dois anos complicados, com seis mortes  em 2012 e outras oito em 2013, a cidade viu a violência diminuir drasticamente nos anos seguintes. Em 2014, foram apenas dois homicídios. No ano passado, a cidade registrou apenas um caso de morte violenta.