21°
Máx
17°
Min

População protesta contra aumento do salário dos vereadores

Moradores de Apucarana foram até a Câmara Municipal na terça-feira (1º) para protestar contra a proposta de aumento de 11,27% no salário dos vereadores. Se aprovado o reajuste, os vencimentos passariam de R$ 7.991 para R$ 8.892.

O presidente do Legislativo, José Airton de Araújo (PR), mais conhecido como Deco, defendeu que o percentual apenas corrige a inflação do último ano. No caso dele, o salário subiria de R$ 11.987 para R$ 13.338.

Os vereadores tentam pegar ‘carona’ no projeto do Executivo, que concede reajuste de 13% ao funcionalismo público municipal e de 11,27% aos comissionados. Munida de cartazes, a população foi até a Câmara de Apucarana para cobrar que o aumento não fosse aprovado.

Devido à confusão, o projeto foi retirado de pauta e deve retornar no fim deste mês de março. A reportagem do Massa News tentou contato com o presidente do Legislativo, o vereador José Airton de Araújo, mas ele inicialmente estava em viagem e depois não atendeu aos telefonemas.