23°
Máx
12°
Min

PRE aplicou mais de 163 mil multas por excesso de velocidade em 2015

Fiscalização da PRE acontece por meio de radares (Foto: AEN) - PRE aplicou mais de 163 mil multas por excesso de velocidade em 2015
Fiscalização da PRE acontece por meio de radares (Foto: AEN)

A Polícia Rodoviária Estadual multou 163.390 condutores por excesso de velocidade nas rodovias estaduais em 2015. Deste total, 23,2% foram consideradas infrações graves, quando os veículos estavam com velocidade entre 20% e 50% superior ao limite permitido na via. O motorista flagrado nesta condição recebeu multa de R$ 127,69 e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Outros 3,2% foram multas emitidas para condutores que estavam com velocidade 50% acima do limite permitido no trecho. Neste caso, os motoristas tiveram a CNH apreendida. Além disto, o flagrante rende sete pontos na carteira e R$ 574,62 de multa.

A maior parte dos casos (118.910 multas, ou 72,7% do total) representam infração média, quando a velocidade estava até 20% acima do limite. A penalidade para estes casos é de quatro pontos na carteira e multa de R$ 85,13.

O excesso de velocidade está diretamente relacionada à gravidade dos acidentes. Os números de colisões vem diminuindo, conforme a PRE, mas resultam em mais mortes. Segundo o capitão Cristiano Carrijo Gonçalves Mota, porta-voz do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), as colisões frontais são as que mais causam óbitos nas estradas. Elas estão, frequentemente, relacionadas com ultrapassagens em locais proibidos ou outros atos de imprudência dos motoristas. No entanto, segundo a PRE, o acidente mais comum nas rodovias paranaenses são as colisões traseiras.