23°
Máx
12°
Min

Prefeito decreta corte no orçamento e espera economia de R$ 6 milhões

(Foto: Divulgação) - Prefeito decreta corte no orçamento e espera economia de R$ 6 milhões
(Foto: Divulgação)

Para manter o equilíbrio fiscal em um cenário de crise econômica, o prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti, assinou nesta terça-feira (26) um decreto de contingenciamento de recursos. O controlador do município, Carlos Alberto Vieira, ressaltou que é preciso cortar gastos para honrar compromissos.

“A economia brasileira está desacelerada e os índices do PIB vêm se apresentando negativos, provocando atos na esfera federal como o aumento das tarifas públicas, em especial combustível e energia elétrica. Além disso, os elevados índices inflacionários refletem no custeio da máquina pública”, pontuou.

O decreto prevê economia de:

  • 15% nas despesas de manutenção e custeio;
  • 90% em investimentos na compra de equipamentos, mobiliários e veículos;
  • 20% das atas de registro de preço e licitações.

“É uma conta simples. Se uma secretaria tinha previsão de R$ 100 mil para gastar este ano com despesas de manutenção e custeio, ela vai contingenciar 15%, ou seja, R$ 15 mil. Não será tirado dinheiro de lugar algum, só não será gasto 100% do recurso previsto no orçamento de 2016. Com isso, estimamos que a economia será de mais de R$ 6 milhões”, colocou Carlos Alberto Vieira.

Comitê Especial

O prefeito Rogério Lorenzetti ainda assinou um segundo decreto que institui o Comitê Especial de Gestão Orçamentária e Financeira para propor medidas de economia.

O grupo vai se reunir quinzenalmente para análises e é formado pelo secretário municipal de Fazenda, Filmar Pinheiro, o contador Joaquim Mário de Paula Pinto Júnior, o procurador jurídico Gilson José dos Santos e pelo controlador Carlos Alberto Vieira.

Colaboração Prefeitura de Paranavaí