24°
Máx
17°
Min

Prefeitura começa a multar motoristas que estacionam no canteiro central

Após ações de conscientização, multas começarão a ser aplicadas para motoristas que insistirem em estacionar ao lado do canteiro central em Foz do Iguaçu. Os veículos que permanecerem estacionados ao lado do canteiro central serão notificados a partir desta quinta-feira (1º).

A fiscalização realizada em conjunto com Instituto de Transporte e Trânsito de Foz do Iguaçu - Foztrans, Guarda Municipal e 14º Batalhão da Polícia Militar vai se estender por todos os locais da cidade. O estacionamento ao lado ou sobre o canteiro central é proibido, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o artigo 181/VIII.

Entre os locais críticos que ocorrem este tipo de infração citado pela superintendente do Foztrans, Larissa Mantovani, está a Vila A. Larissa salienta que um dos problemas gerados por esta modalidade irregular de estacionamento é a dificuldade na circulação do transporte coletivo e os veículos de emergência como o Samu e Siate.

Outro aspecto importante relativo à notificação é que a medida vem beneficiar também pedestres e ciclistas visando à mobilidade urbana.

A Associação de Moradores da Vila A, juntamente com o instituto e a GM, promoveu uma panfletagem de conscientização e alerta aos motoristas sobre a proibição do estacionamento do veículo ao lado do canteiro central e sobre ele também.

Larissa expõe que há outros locais mapeados onde acontece a mesma infração como na Avenida Carlos Gomes na vila Pérola, na vila Yolanda próximo a igreja Perpétuo Socorro, quando são realizados eventos, os canteiros também são usados para estacionar os veículos e a Avenida Felipe Wandscheer.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), conforme o artigo 181/VIII, o estacionamento ao lado ou sobre o canteiro central é proibido.

Não há necessidade da colocação de placas proibindo, pois, sua sinalização não está prevista no CTB. O ato é considerado infração grave, soma 5 pontos na carteira, remoção do veículo e multa de R$ 127,69.

Colaboração: Assessoria.