22°
Máx
14°
Min

Prefeitura derruba árvores na rua Raul Pompeia

(Foto: Silvane Veiga) - Prefeitura derruba árvores na rua Raul Pompeia
(Foto: Silvane Veiga)

Silvane Veiga mora na rua Raul Pompeia, no bairro Fazendinha, em Curitiba, há muitos anos. Por mais problemas que a via pública tivesse, ela gostava bastante de uma característica importante presente na rua: a arborização. Em toda a extensão dos 2,8km do trecho, as árvores eram constantes na via.

No entanto, isso mudou no ano passado. A Prefeitura de Curitiba começou a realizar obras na Raul Pompeia e quem pagou o pato foram as árvores. Aos poucos, uma atrás da outra foram sendo derrubadas em prol do serviço. A atitude deixou a designer de sobrancelhas indignada com o descaso com o meio ambiente.

“As árvores são o pulmão do mundo. Aqui na frente da minha casa, tinham quatro e foram todas arrancadas. Que tipo de obra é essa?”, questionou Silvane. Ela argumenta que se fizesse o mesmo, poderia ter problemas. “Se eu cortar alguma árvore posso ser até presa. Mas não entendo por que eles podem fazer uma coisa dessas.”

A mulher afirma que entrou em contato com a Prefeitura e com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, mas não obteve uma resposta. A preocupação dela está no futuro. “A natureza é essencial nas cidades. Ajuda a evitar enchentes, absorvendo a água e ainda contribui com um ar melhor, tão contaminado pelos carros”, opinou.

Ela afirma que as árvores estão sendo derrubadas e ainda não há sinal de que serão replantadas. “Eram tão bonitas, davam flores e tudo. Hoje, é tudo concreto. Não entendo essa obra que fizeram, ao deixar de fora algo tão importante. O meu irmão mora no Canadá e lá eles até plantam árvores frutíferas nas vias.”

Em nota, a Prefeitura de Curitiba afirmou que o corte das árvores consta no projeto de alargamento da via e que foi autorizado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente. No entanto, afirmou que as árvores serão replantadas ao longo do trecho, mas somente no final das obras que, segundo a administração municipal, devem terminar no final deste ano.

Mesmo assim, Silvane afirmou que perdeu a confiança na prefeitura com a atitude de cortar árvores tão antigas da rua Raul Pompeia. “Desculpa a palavra, mas para mim isso é burrice, não é modernização. O prefeito já perdeu o meu voto, inclusive. O mundo precisa das árvores, não podemos abrir mão disso”, destacou. Mesmo com a previsão, ainda não existe uma data exata para o replantio das árvores.