22°
Máx
14°
Min

Prefeitura e Exército visitam mais de 45 mil casas neste sábado

Mais de mil voluntários percorrem 15 regiões da cidade para conscientizar população sobre riscos da água parada (Foto: Divulgação / Prefeitura) - Prefeitura e Exército visitam mais de 45 mil casas neste sábado
Mais de mil voluntários percorrem 15 regiões da cidade para conscientizar população sobre riscos da água parada (Foto: Divulgação / Prefeitura)

A manhã deste sábado (13) começou movimentada para a Secretaria Municipal de Saúde e para as Forças Armadas. Hoje acontece uma ação nacional de enfrentamento ao Aedes aegypti. Em Ponta Grossa, cerca de 800 militares, 200 Agentes Comunitários de Saúde e 60 Agentes Comunitários de Endemias participam da ação e visitam 45.123 residências em Ponta Grossa.

A atividade começou às 8h e chegará a 15 regiões da cidade. Os integrantes da ‘batalha’ contra o mosquito irão percorrer 1.793 quadras da cidade para orientar e distribuir material informativo para a população.

Na próxima semana, as atividades serão diretamente ligadas ao combate do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya. “Os militares e funcionários da saúde irão entrar nas casas e ajudar a acabar com os focos do mosquito”, comenta a Secretária Municipal de Saúde, Ângela Pompeu. 

Os militares da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, dos quartéis do 13º Batalhão de Infantaria Blindada (13º BIB), 3º Regimento de Carros de Combate (3º RCC), Esquadrão de Comando (Esq Cmdo) e 25º Pelotão de Polícia do Exército (25º Pel PE) receberam treinamento e dicas para poder auxiliar na ação. 

“A principal finalidade é contribuir com a solicitação do Estado para o combate ao mosquito. Temos uma capacidade grande de reunir os militares em curto espaço de tempo e com uma logística adequada de apoio. A idéia é potencializar o trabalho que já vinha sendo feito pelos órgãos de saúde municipais, estaduais e federais e fazer com que seja mais divulgado. sensibilizando a população, para que todos compreendam a importância de combater o mosquito”, destaca o Tenente Coronel Flávio Moreira Mathias.

Colaboração Assessoria de Imprensa.