28°
Máx
17°
Min

Prefeitura notifica 420 terrenos por sujeira e mato alto

(Foto: Divulgação / Rede Massa) - Prefeitura notifica 420 terrenos por sujeira e mato alto
(Foto: Divulgação / Rede Massa)

Mais de 400 proprietários de imóveis em Ponta Grossa foram notificados por causa do mato alto e do lixo. A preocupação com esses locais é maior nesse período, já que eles podem se tornar criadouros do mosquito da dengue.

É dever do proprietário manter o terreno limpo, mas nem sempre é o que acontece. Muitos acabam abandonando o local e o resultado é muita sujeira, que pode se tornar um problema grave de saúde pública. A maior preocupação é com a criação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, que pode encontrar nesses ambientes o local ideal para se reproduzir.

Desde dezembro do ano passado, quando foi decretada a lei municipal da roçada, 420 donos de terrenos foram notificados e, destes, 21 foram multados porque não atenderam ao prazo de 20 dias para realizar a limpeza do local.

“A partir do momento que a gente recebe a denúncia, a gente verifica no sistema se o lote realmente está sujo. Quando consegue fazer a vistoria, a gente faz a notificação, busca o proprietário no sistema e manda a notificação. A partir daí eles têm 20 dias para realizar a limpeza”, explica a fiscal da Prefeitura Marielly Micka. Quando o dono do terreno não colabora, a Prefeitura faz a limpeza e cobra o responsável.

Os valores das multas variam de acordo com a metragem do terreno – o valor mínimo é 400,00. A fiscalização da Prefeitura nos terrenos é constante, mas quem quiser pode fazer uma denúncia na Secretaria de Meio Ambiente, basta informar o endereço correto do terreno que está sujo.

“Elas podem entrar em contato através do telefone (42) 3901-1688, não precisa se identificar, a denúncia pode ser anônima desde que tenha em mãos o endereço correto de onde elas estão fazendo a denúncia”, esclarece a secretária municipal de Meio Ambiente, Patrícia Hilgemberg.

Colaboração Maira Zimermann, da Rede Massa.